Input your search keywords and press Enter.

Saúde e educação deverão ter 10 milhões de profissionais até 2040

Um estudo realizado pelo Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) indicou que o Brasil precisará de 10 milhões de profissionais nas áreas de saúde e educação até o ano de 2040. Nesse contexto, serão necessários cerca de 4 milhões de professores, 1 milhão de médicos e 4,5 milhões de enfermeiros.

O levantamento, batizado de “Educação e Saúde: os setores do futuro?”, afirma que a América Latina necessitará de 10,3 milhões de professores, 2,4 milhões de médicos e 6,2 milhões de enfermeiros no final do período analisado. Isso porque, segundo os realizadores da pesquisa, existe uma dificuldade muito grande de desenvolver técnicas de automação nessas duas áreas.

Além disso, também são motivos o envelhecimento populacional e o potencial de aumento de matrículas no sistema educacional. “Diante desta realidade, é importante assegurar que estes novos profissionais tenham as habilidades e a formação que necessitam para serem os professores, médicos e enfermeiros do futuro”, diz o texto.

Para finalizar, a publicação constatou que as mulheres representam cerca de 75% da força de trabalho nesses segmentos, mas ainda ganham em média 28% menos que os homens. No entanto, a diferença salarial nas áreas de saúde e educação é menor do que em outros setores.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *