Input your search keywords and press Enter.

Drones geram economia na agricultura

A utilização dos drones para substituir máquinas na agricultura está gerando uma economia de tempo e de recursos na aplicação de defensivos nas lavouras. De acordo com o agricultor e engenheiro agrônomo Daniel de Castro Rodrigues, produtor de soja em Goiás, sua equipe estima uma economia entre R$ 100 e R$ 150 por hectare no custo operacional de sua lavoura de 300 hectares de soja, em função da identificação de áreas onde emerge o capim amargoso, resistente ao glifosato.

“Antes do drone, eu gastava três dias para verificar a área; hoje gasto, no máximo, um dia. Economizo 50% do meu tempo em relação ao que gastava na lavoura quando não usava o drone. Este é o meu principal ganho”, diz ele.

Segundo Fabrício Hertz, executivo (CEO) da Horus Aeronaves, a empresa entrega 25 drones por mês, para clientes em todo o Brasil. “Quando começamos, em 2014, eram menos de cinco drones por mês. No início, era só mapeamento de imagens; hoje, avançamos para análise dos dados e consultoria agronômica, pois sistemas mais genéricos não servem mais para os produtores”, finaliza.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *