Input your search keywords and press Enter.

Apenas 1 de 5 áreas foram vendidas no leilão do pré-sal

O governo federal realizou mais um leilão do pré-sal, mas conseguiu a venda de apenas 1 das cinco áreas ofertadas e, mais uma vez, Petrobras e chineses foram os únicos a apresentar ofertas. Eles arremataram a maior área do leilão, chamada Aram, com bônus de R$ 5 bilhões e oferta de 29,96% do petróleo produzido para o governo, sendo que não houve ágio.

Nesse cenário, o consórcio vencedor tem 80% da estatal brasileira e 20% da CNODC, controlada pelo governo da China. Na véspera, eles se juntaram à também chinesa CNOOC para comprar a maior área do megaleilão da cessão onerosa, por R$ 69,9 bilhões e, no leilão de quarta, a Petrobras arrematou sozinha outra área, Itapu, por R$ 1,7 bilhão.

A Petrobras havia exercido direito de preferência para três das cinco áreas do leilão, mas acabou fazendo oferta para apenas uma delas. Antes do leilão, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, afirmou que as petroleiras estão com a carteira cheia de projetos do pré-sal.

(Equipe do site)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *